Opinião

 

Deixe aqui a sua!

  Nome
  E-mail

Mensagem
 

 

francisco carlos fonseca de oliveira

30/11/2017

Ao Fechamento de Agências - 24/11/2017

29/11/2017.

NÃO ACREDITO COLEGA.
DA O NOME DESSA AGENCIA ENTÃO CUJO GERENTE ESTÁ LÁ HA 12 ANOS !!!

EDIMAR SANTANA DA SILVA

30/11/2017

Nossas instituições estão permeadas por dirigentes e/ou presidentes que são cupinchas de uma fraternidade oculta que há muitos séculos trabalha para a destruição de nosso povo, nossa nação e nossos valores. Bem como almejam a entrega de nosso país para um Governo Único Global que objetiva a destruição das nossas famílias e das nossas instituições públicas. Eles trabalham segundo a lógica Hegeliana (Tese x Antítese => Síntese) ou (Problema x Reação = Solução). Intentam a total aniquilação de nosso país e por meio de diversas instituições, que com seus infiltrados em cargos e/ou funções decisivas na administração pública e nos órgãos e ou organismos públicos ou particulares, vêm fazendo avançar sua agenda nefasta em nosso país/Estado. Assim, tendo em vista as premissas acima descritas, posso me arriscar a dizer que o problema do subdesenvolvimento nos países mais atrasados como o Brasil, corresponde aos interesses dessa pequena elite (maçônica) como seus anseios por uma nova ordem,tudo isto arraigado por uma superestrutura de crises econômicas projetadas que almejam a debilitação de nossas instituições e nosso povo.

Central de Mato Grosso

29/11/2017

Realmente é uma vergonha nacional!
Ficar de braços cruzados durante 10 meses e agora querer justificar que não cumpriu a meta por culpa da central que está em funcionamento a menos de 1 mês.
Antes de criticar os outros cuide da sua equipe. Não conheces a realidade de uma central.
O mundo dá voltas colega, então não esqueça que a falta de empatia pode fazer diferença em seu futuro próximo.

Alea jacta est

29/11/2017

Senhores, parem de tergiversar, contra a realidade dos números não existe mágica ,não existe milagre, os números sempre se impõem a qualquer manipulação, mais cedo ou mais tarde a exatidão dos números sempre aparece. Se uma agência não consegue operar no azul, não consegue auferir lucro, nada mais resta a ela, depois de tantas tentativas em vão de tirá-la do azul, senão fechá-la. Não adianta querer tapar o sol com a peneira, não adianta vir com aquele velho discurso de que falta mão de obra, o que falta é tecnologia, falta gestão, pois em pleno século XXI as agências dos bancos mais eficientes operam com o mínimo de pessoas e geram lucro, ou seja, são superavitárias. Tem que se incutir na cabeça desse povo que as instituições e/ou entidades que não se modernizar e não reduzir seus custos estão fadadas a ficar obsoletas, pesadas, ineficientes, tornando-se inviáveis econômico-financeiramente. É o que já está acontecendo com o Banco da Amazônia e é o que já aconteceu com aquele cabide de emprego chamada CASF.

Ao Fechamento de Agências - 24/11/2017

29/11/2017

DIZEM QUE O BANCO UTILIZA-SE DA OPÇÃO Nº (1), MAS ISSO NÃO É VERDADE. EU TRABALHO EM UMA AGÊNCIA E O GERENTE É O MESMO HÁ MAIS DE 12 ANOS. PODE?

Ao Fechamento de Agências - 24/11/2017

29/11/2017

OUTRA ALTERNATIVA PARA UNIDADES DEFICITÁRIAS: Fecha-se a agência (desmonta-se todo mobiliário, central de ar, CPD, computadores, gerador, todos os equipamentos necessários para o funcionamento de uma agência bancária e organiza-se centenas de caixas com dossiês de clientes) e transfere-se todos os funcionários para outras unidades.
Depois de alguns meses reabre-se outra agência do Basa no mesmo prédio que foi depenado.
Isso vai acontecer com a agência Ananindeua-Cidade Nova. A agência Ananindeua-Castanheira foi extinta e o prédio da BR-316 onde ela funcionava, fechado. Porém, por força de interesses, o mesmo local será rearberto e abrigará a agência Ananindeua-Cidade Nova.
Pergunta-se: quem vai arcar com toda a despesa para mobiliar e equipar o mesmo prédio? Que vai pagar o custo do transporte de equipamentos e etc?
Que falta de planejamento!
Isso vai ser motivo de piada naquela praça!
Abre, fecha e abre de novo a mesma agência do Banco.
E os funcionários que ali trabalhavam, não podem recorrer solicitando retornou a seu antigo local de trabalho? Muito funcionários da antiga Castanheira moravam em Ananindeua, mas foram todos transferidos para Belém, tendo que enfrentar um trânsito infernal todos os dias.
Em fim, esse é o nosso Banco, onde sempre os mais fracos são prejudicados.
Depois a culpa é das agências!

Fechamento de Agências

29/11/2017

- Se a unidade anda deficitária; não consegue atingir suas metas; está com deficiência de mão de obra e outros gargalos.
RESPOSTA:
(6) N.D.A - Nenhuma das Alternativas Anteriores;
Comentário:
Possivelmente (analisar o caso concreto), mas a deficiência em grande parte é devido a falta de mão-de-obra. (quantidade e qualidade). Cabe ainda uma analise sobre a praça de atuação e as ações dos orgãos gestores (Matriz) para discutir estratégias de atuação. Contudo, é facil cobrar. O dificil é planejar\executar e controlar.

CENTRAL DE MATO GROSSO

29/11/2017

Inexperiencia, diminuição de custo em levar para a central pessoas com experiencia em agencia. 99% foram aproveitados da propria agencia de cuiaba/super mt. nao tinha como andar, ou dizendo virar a chave. vamos torcer para nao ficar no meio do caminho. e quando entrar as operaçoes do maranhao?

Ao "Fechamento de Agências" em 24/11/2017

28/11/2017

- Se a unidade está necessitando de mao de obra, o ideal é que se reponha o quadro de funcionários, o mais breve possivel.
- Se a unidade está deficitária, deve-se saber quais sao os motivos para o fraco resultado.
- Se for identificado que um ou outro supervisor não está dando o resultado esperado e a gerência não tomou nenhuma atitude, deve-se trocar o gerente.
- O encerramento da unidade deve ser "estudado" após todas as tentativas válidas para mudar o quadro. Contudo, isso não ocorre.

As agências "deficitárias" possuem enormes dificuldades para encontrar apoio das SUPER's. Normalmente, são tratadas com desprezo. Ao invés de focarem nas deficitárias para reversão do quadro, punem de várias formas.